terça-feira, 5 de outubro de 2010

Índice de Confiança do e-Consumidor: Com 87,29%, confiança do e-consumidor repete recorde histórico

Índice repete o desempenho de agosto de 2009, quando alcançou a mesma porcentagem.

SatisfacaodoeConsumidor_thumb4

O Índice de Confiança do e-Consumidor atingiu, nos meses de julho e agosto, o índice de 87,29%, o melhor desempenho desde fevereiro de 2009, quando começou a ser divulgado, repetindo o recorde atingido em agosto do ano passado. O faturamento do comércio eletrônico deve fechar 2010 com R$ 15 bilhões, contra R$ 10,8 bilhões, em 2009, e R$ 850 milhões, em 2001.

Criado pela camara-e.net (Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico) em parceria com a e-bit, o indicador reflete a média de satisfação dos consumidores que fizeram compras em lojas de comércio eletrônico conveniadas com o programa de avaliação da e-bit. Hoje, o Brasil conta com 70 milhões de usuários de Internet, sendo que 43 milhões possuem conta de Internet Banking. Dados de 2009 dão conta ainda de que o País possui 17,2 milhões são e–Consumidores, mas esse número deve crescer para 23 milhões ao final deste ano.

Índice de Confiança do e-Consumidor – Agosto de 2010 – 87,29%
 
image
 

image

Fonte: Movimento Internet Seguracamara-e.net (pesquisa: e-bit)

2 comentários:

Editora disse...

Olá,
Gostaríamos de receber o e-mail para contato do dono do site ou responsável pela área comercial/marketing para enviar uma oferta de conteúdo e produtos gratuitos para os usuários de seu site. E também, remuneração que ajudará o seu site a ter retorno financeiro e aumentar suas visitas. Favor enviar o e-mail de resposta para: roberto@editoraquantum.com.br
Atenciosamente,
Roberto Lion Motta

Editora Quantum – Revista VendaMais
http://www.editoraquantum.com.br

Allan Palomanes disse...

Caro Gerson Rolim,

Gostaria de parabeniza-lo pela excelente conferência de hoje, dia 12 de outubro, em Portugal.

A transmissão on-line foi de excelente qualidade, mas infelizmente não houve um canal aberto para comentários e perguntas do público on-line.

Infelizmente também não encontrei em seu blog e em nenhum outro lugar da internet o seu e-mail para contato, e por isso estou utilizando este site, que me parece que te pertence, para esclarecer uma dúvida e também pedir para que, se possível, você entre em contato comigo através do meu e-mail allanpalomanes@gmail.com.

Como disse, gostaria de obter informações sobre Barreira Alfandegária e também sobre os Impostos de Importação para compras de produtos eletrônicos no exterior, já que estes produtos são entregues via correio ou empresas de transporte expresso.

Quero saber também como funciona no caso das compras de medicamentos ou alimentos que exigem registro no Ministério da Saúde.

No caso, se quero comprar ou vender um produto fabricado e registrado no Brasil, através de minha loja on-line, onde o comprador que esta em Portugal vai receber em casa este produto, que não esta registrado no Ministério da Saúde em Portugal, como funciona isso em termos legais?

Tenho muitas dúvidas porém creio não ser este o canal ideal para isto, e por isso te peço que me envie um endereço de e-mail.

Aguardo contato,

Allan Palomanes