terça-feira, 11 de maio de 2010

Selo Internet Segura será referência de qualidade para pequenos e médios varejistas virtuais

Lançado pelo Movimento Internet Segura (MIS), comitê da camara-e.net, em parceria com a Associação Comercial de São Paulo, a iniciativa estabelece garantias de confiabilidade para o e-Consumidor brasileiro

Movimento Internet Segura

O Movimento Internet Segura (MIS), comitê Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net), e a Associação Comercial de São Paulo (ACSP) anunciam o desenvolvimento de uma certificação com o objetivo de atestar o cumprimento de práticas seguras de pequenos e médios varejistas no comércio eletrônico. O Selo Internet Segura estabelece padrões mínimos de segurança técnica, operacional e jurídica.

Estima-se que atualmente existam cerca de 60 mil CNPJs diferentes vendendo pela Internet no Brasil, sem contar as transações feitas entre pessoas físicas por meio dos leilões virtuais.

O Selo proporcionará a padronização de procedimentos, concedendo maior confiança ao e-consumidor no momento de fazer compras em sites de marcas menos conhecidas. Com isso será possível impulsionar o empreendedorismo online, aumentar as vendas pela web e, consequentemente, fazer crescer o número de e-varejistas e de e-consumidores, capacitando a base empresarial do país para a prática de negócios eletrônicos seguros.

A coordenadora do MIS, Marinês Gomes, comenta “O selo será uma referência para o consumidor que ao vê-lo, mesmo sem conhecer a marca do site, saberá que aquele vendedor atende a requisitos básicos como a comprovação da existência física da empresa, o compromisso com a privacidade dos dados e a responsabilidade ética no comércio eletrônico”.

Segundo ela, a iniciativa soma-se ao lançamento, no ano passado, do Índice de Confiança do e-Consumidor e ao prêmio Internet Segura de Jornalismo, que já está em sua terceira edição. “São ações práticas que o MIS tem desenvolvido como forma de ampliar o alcance de seus esforços para além do fornecimento de dicas de segurança. As empresas que fazem parte do comitê entendem que desta forma a contribuição para a formação de um ambiente saudável na internet se torna ainda mais eficaz”, diz.

Deve-se ressaltar, ainda, o caráter institucional do selo como garantia de confiabilidade.

A parceria une a entidade que representa o segmento virtual do comércio à maior representante do comércio tradicional de São Paulo que tem atuação nacional por meio de entidades coligadas.

Com isso temos todo o conhecimento da camara-e.net sobre as necessidades obrigatórias para uma atuação segura na internet e uma base de dados altamente qualificada para análises de risco de fraudes com o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), da Associação Comercial de São Paulo. São condições indispensáveis para o sucesso de um projeto como este e estão à nossa disposição.

Após a assinatura do termo de cooperação, o Selo Internet Segura entrará na fase de detalhamento dos critérios para sua concessão.

3 comentários:

cesarferreira58 disse...

Gostaria de saber o significado da marca em uma loja virtual, pois, olhei esta marca em uma loja virtual que esta enganado as pessoas, com compras efetuadas on line.

Gerson Rolim disse...

Prezado Cesar,
Favor nos informar sobre os detalhes da ocorrência para que possamos tomar as ações cabíveis.
Gerson

ANA disse...

como faço para ter certeza de que a loja que tem esse selo de internet segura, o selo é original.
fiz uma compra em uma loja com esse selo e estou com medo de não receber o que comprei,depois da compra efetuada é que procurei na internet tópicos a respeito da loja e me assustei com o nº de reclamações no reclame aqui, não entendo muito de internet foi minha 1ª compra e estou apavorada e com medo de ficar no prejuízo, fiz o pagamento a vista.um abraço Ana.