quarta-feira, 20 de maio de 2009

Vigor do Comércio Eletrônico brasileiro em 2009 chega às Micro, Pequenas e Médias

Comércio eletrônico cresce 25% no primeiro trimestre de 2009.

Carrinho

Levantamento da camara-e.net e da e-bit mostra que a crise econômica mundial passa ao largo do Comércio Eletrônico brasileiro, pois as transações de Comércio Eletrônico (B2C) cresceram 25% no primeiro trimestre de 2009, em comparação com o mesmo período do ano passado, gerando um faturamento total de R$ 2,3 bilhões.

Outra métrica muito positiva levantada por esse estudo foi a indicação de que houve um aumento da participação de varejistas de pequeno e médio porte no Comércio Eletrônico nacional. Esse grupo, representado por 60.000 varejistas online, apresentou um faturamento R$ 37,26 milhões reais superior ao mesmo período de 2008.

As Micro, Pequenas e Médias Empresas brasileiras (MPEs ou PYMES em espanhol), que em 2008 representavam 8,07% das vendas, aumentaram sua fatia de mercado (marketshare), para 9,69% do total. O faturamento destas companhias passou de R$ 185,61 milhões para R$ 222,87 milhões, em 2009.

Certamente o Ciclo MPE.net, apoiado pelo projeto Mercosul Digital em 2009, ação da camara-e.net para o fomento da participação das MPEs no Comércio Eletrônico, tem contribuído decisivamente para reste resultado concreto de Inclusão Digital.

2 comentários:

Bebeto disse...

Gerson, ótima matéria, você pode divulgar para mim o curso " Como Montar a sua Loja Virtual", Data do Evento: 27 de junho de 2009
Período: 08:00 às 18:30
Número de participantes: 25 participantes
Local: Escola Paulista de Direito – EPD – Av. Liberdade 808 ( próximo ao metrô São Joaquim )
Material Didático: 1 DVD com o conteudo digital do curso e programas de apoio. Site: http://www.jornaldoe-commerce.com/curso/

Gerson Rolim disse...

Prezado Bebeto, acabo de publicar um post a fim de divulgar sua ação de fomento ao Empreendedorismo Digital.
Parabéns!
Gerson Rolim